secretaria@tupinamba.adv.br
55 (21) 2524-7799 / 2533-7137

TST se solidariza com o Supremo Tribunal Federal 

Em sessão do Tribunal Pleno, os ministros aprovaram moção de solidariedade ao STF em razão dos ataques ao prédio da instituição.

Fachada do prédio do Tribunal Superior do Trabalho

Fachada do prédio do Tribunal Superior do Trabalho

15/6/2020 – Os ministros do Tribunal Superior do Trabalho aprovaram, nesta segunda-feira (15/6), durante sessão do Pleno, uma moção de solidariedade ao Supremo Tribunal Federal (STF), em razão dos ataques ao prédio da instituição na noite de sábado (13).  O documento repudia os atos praticados e considera as ações atentatórias ao Poder Judiciário e à democracia. 

Confira a integra da moção, lida durante a sessão pela presidente do TST, ministra Maria Cristina Peduzzi: 

“O Tribunal Superior do Trabalho expressa solidariedade ao E. Supremo Tribunal Federal e repúdio aos atos praticados na noite de sábado, 13 de junho de 2020, contra a Instituição e a autoridade de suas decisões. Considera-os atentatórios ao Poder Judiciário e à democracia. As liberdades públicas são incompatíveis com demonstrações de violência contra qualquer dos Poderes da República.”

A moção, aprovada por unanimidade pelos ministros do TST, será encaminhada à Presidência do Supremo.

Esta matéria tem cunho meramente informativo.
Permitida a reprodução mediante citação da fonte.
Secretaria de Comunicação Social
Tribunal Superior do Trabalho
Tel. (61) 3043-4907
secom@tst.jus.br  

TST se solidariza com o Supremo Tribunal Federal 

Em sessão do Tribunal Pleno, os ministros aprovaram moção de solidariedade ao STF em razão dos ataques ao prédio da instituição.

Fachada do prédio do Tribunal Superior do Trabalho

Fachada do prédio do Tribunal Superior do Trabalho

15/6/2020 – Os ministros do Tribunal Superior do Trabalho aprovaram, nesta segunda-feira (15/6), durante sessão do Pleno, uma moção de solidariedade ao Supremo Tribunal Federal (STF), em razão dos ataques ao prédio da instituição na noite de sábado (13).  O documento repudia os atos praticados e considera as ações atentatórias ao Poder Judiciário e à democracia. 

Confira a integra da moção, lida durante a sessão pela presidente do TST, ministra Maria Cristina Peduzzi: 

“O Tribunal Superior do Trabalho expressa solidariedade ao E. Supremo Tribunal Federal e repúdio aos atos praticados na noite de sábado, 13 de junho de 2020, contra a Instituição e a autoridade de suas decisões. Considera-os atentatórios ao Poder Judiciário e à democracia. As liberdades públicas são incompatíveis com demonstrações de violência contra qualquer dos Poderes da República.”

A moção, aprovada por unanimidade pelos ministros do TST, será encaminhada à Presidência do Supremo.

Esta matéria tem cunho meramente informativo.
Permitida a reprodução mediante citação da fonte.
Secretaria de Comunicação Social
Tribunal Superior do Trabalho
Tel. (61) 3043-4907
secom@tst.jus.br