secretaria@tupinamba.adv.br
55 (21) 2524-7799 / 2533-7137

TST é finalista em três categorias do Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça

O Tribunal concorre com um programa de TV, uma campanha institucional e uma ação em mídia social.

02/10/20 – O Fórum Nacional de Comunicação e Justiça (FNCJ) anunciou, nesta quarta-feira (30), os finalistas do Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça de 2020. O Tribunal Superior do Trabalho (TST) foi selecionado como finalista em três categorias: programa de TV, campanha institucional de interesse público e mídia social.

O programa Jornada, veiculado no canal oficial do TST no YouTube, é finalista na categoria Programa de TV. Ele foi completamente reformulado em 2019, com foco na internet. Divulgado quinzenalmente, cada episódio aborda uma temática diferente, sempre com uma linguagem ágil, direta e simples. O Jornada também é transmitido na TV Justiça e em outras dez emissoras parceiras de todo o país e já soma mais de 70 mil visualizações no YouTube.

Na categoria Campanha Institucional, o TST concorre com o trabalho “Pare e Repare – Por um Ambiente de Trabalho Mais Positivo”. A ação abrangeu a divulgação de vídeos e uma cartilha para exemplificar situações cotidianas do ambiente de trabalho que podem resultar em assédio moral. Grandes empresas, como a Latam e a Tenneco, e diversas instituições públicas aderiram à campanha.

Na categoria Mídia Social, o tribunal é finalista com o “twittaço” promovido no Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil, com a mobilização de artistas, influenciadores, veículos de comunicação e tribunais superiores, entre outras instituições públicas e privadas. A hashtag #BrasilSemTrabalhoInfantil chegou ao em terceiro lugar entre os assuntos mais comentados (trendings topics) do Twitter e permaneceu por mais de oito horas entre os cinco assuntos mais comentados no dia 12 de junho do ano passado na rede social.

Prêmio

O Fórum Nacional de Comunicação e Justiça é uma organização não governamental sem fins lucrativos composta por profissionais de comunicação que atuam em órgãos do Poder Judiciário, Ministérios Públicos, Defensorias Públicas, Tribunais de Contas e instituições afins. O Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça é uma iniciativa voltada ao desenvolvimento de debates e ações para aproximar as organizações públicas do cidadão, e, entre outros pontos, visa estimular iniciativas na área da comunicação pública voltadas para o desenvolvimento da cidadania e para a aproximação entre os órgãos e a sociedade.

Em razão da pandemia da Covid-19, o Congresso Nacional de Comunicação e Justiça (Conbrascom), que normalmente sediava a premiação, teve a edição de 2020 cancelada. A entrega do prêmio, no entanto, foi mantida e será realizada em 16/10, durante a transmissão do seminário on-line “Comunicação & Justiça – Aprendizados da crise e boas práticas do Sistema de Justiça”. 

Neste ano, o prêmio recebeu inscrições de 198 trabalhos realizados por assessorias de comunicação de órgãos do Poder Judiciário, do Ministério Público, da Defensoria Pública, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), de tribunais de contas e de instituições que realizam trabalhos na área jurídica. 

(JS/AB/CF)