secretaria@tupinamba.adv.br
55 (21) 2524-7799 / 2533-7137

Instrutores de motocicleta em autoescolas obtêm adicional de periculosidade

A Sexta Turma do Tribunal Superior do Trabalho condenou o Centro de Formação de Condutores Kazuo Ltda., de Pirassununga (SP), a pagar o adicional de periculosidade a instrutores práticos de motocicleta. Para os ministros, o trajeto entre a autoescola e o local das aulas, de seis quilômetros (ida e volta), feito em cerca de 12 minutos, diversas vezes ao dia, não caracteriza tempo extremamente reduzido de exposição ao risco, a ponto de afastar o direito à parcela.

Entenda o caso com a repórter Evinny Araújo.