secretaria@tupinamba.adv.br
55 (21) 2524-7799 / 2533-7137

Instalações físicas do TST são consideradas adequadas por 78,3% do público externo



Dados foram apurados pela Pesquisa de Satisfação do TST de 2019

10/02/20 – A Ouvidoria do TST divulgou este mês os resultados da Pesquisa de Satisfação de 2019, respondida por 8.249 pessoas entre advogados, partes de processos e representantes do Ministério Público.

A pesquisa se dividiu em cinco temas: atendimento prestado pelos servidores e/ou colaboradores do TST, instalações físicas, prestação jurisdicional, serviços online e comunicação.

Instalações físicas

O item que apresentou o maior grau de satisfação foram as instalações físicas do Tribuna: 78,3%. A maioria do público externo está satisfeita com a limpeza dos ambientes, com a facilidade de localização (placas de sinalização) e com a segurança interna.

Atendimento

Para 74,5% das pessoas que responderam à pesquisa, o atendimento oferecido pelo TST é rápido, cordial e atencioso.

Atividade fim

A prestação jurisdicional foi bem avaliada por 60,9% dos participantes. Para 39%, o tempo de tramitação dos processos é razoável. Em 2018, o percentual era de 30%.

A maior parte dos participantes também está satisfeita com os avisos sobre os horários das sessões (68%) e sobre as pautas das sessões (69%).

Serviços online

Nesse item da avaliação, houve resposta positiva de 68,7% dos que participaram da pesquisa. Para 77%, o sistema TST Push funciona de forma adequada. A Pesquisa de Jurisprudência foi considerada satisfatória para 71%, e 54% consideram fácil realizar pedidos de preferência na sustentação oral em julgamentos.

Comunicação

Cerca de 68,2% dos entrevistados estão satisfeitos com as ferramentas de comunicação oferecidas. Para 68%, é fácil encontrar informações no Portal do TST.

Perfil

Das pessoas que responderam ao questionário, cerca de 60% são homens entre 36 a 40 anos. A grande maioria (91%) é de advogados que utilizam com frequência os serviços do TST.

A Região Sudeste foi a que teve maior número de participantes (52%), dos quais 27% são de São Paulo, 12,3% de Minas Gerais e 10,4% do Rio de Janeiro. A Região Norte teve a menor presença, com apenas 0,1% dos estados do Amapá, do Acre e de Roraima.

Pesquisa

Para aumentar o número de participantes no levantamento, a Ouvidoria trabalhou em parceria com a Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT). Com isso, teve acesso à base de dados da Pesquisa de Satisfação do PJe e pôde enviar as perguntas para mais pessoas.

(JS/CF)

Inscrição no Canal Youtube do TST