secretaria@tupinamba.adv.br
55 (21) 2524-7799 / 2533-7137

Escola municipal terá de pagar adicional de insalubridade em grau máximo a empregada da limpeza


                         Baixe o áudio
      

 

A Oitava Turma do Tribunal Superior do Trabalho condenou a Caixa Escolar da Escola Municipal Oswaldo Franca Júnior, de Belo Horizonte (MG), a pagar o adicional de insalubridade em grau máximo a uma empregada que fazia a limpeza de banheiros e coletava lixo nas dependências internas da escola. Segundo o colegiado, as atividades se enquadram na Súmula 448 do TST, que trata da limpeza de banheiros públicos ou de grande circulação.

Ouça mais detalhes na reportagem com Anderson Conrado.