secretaria@tupinamba.adv.br
55 (21) 2524-7799 / 2533-7137

Empregado dispensado com cardiopatia grave obtém indenização por danos morais

Um operador de máquinas e empilhadeiras, portador de cardiopatia grave, foi dispensado durante o tratamento da doença. A Terceira Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST) concluiu que a empresa estava ciente do estado de saúde do empregado e, por isso, condenou a empregadora a indenizar o funcionário em R$ 20 mil por danos morais. Entenda o caso com o repórter Daniel Vasques.

Confira outras notícias do Tribunal Superior do Trabalho em: http://www.tst.jus.br