secretaria@tupinamba.adv.br
55 (21) 2524-7799 / 2533-7137

Dia do Esportista: servidores do TST conciliam trabalho, lazer e hábitos saudáveis

Conscientizar e prestar homenagem aos diversos tipos de práticas esportivas e os seus benefícios para a saúde é o propósito da data

19/02/2021 – Todos os anos, no dia 19 de fevereiro, é comemorado o Dia do Esportista. Estimular, conscientizar e prestar homenagem aos diversos tipos de práticas esportivas e os seus benefícios para a saúde é o propósito da data. No Tribunal Superior do Trabalho alguns servidores são atletas e conciliam trabalho, lazer e hábitos saudáveis na rotina. 

A servidora Katia Silva da Assessoria de Tecnologia da Informação e Inovação da  Secretaria de Tecnologia da Informação (SETIN) tem 50 anos e pratica natação, handebol e ciclismo. “Estou afastada do handebol por causa da pandemia, então estou praticando mais os esportes individuais”, conta.  Para ela, a data incentiva, homenageia e desperta interesse na prática do esporte e, com isso, promove uma vida mais saudável nos aspectos físico e mental. Além do benefício direto à saúde, a servidora acredita que a prática de esporte também proporciona momentos de lazer e bem-estar com os amigos e os colegas. “Escolha uma atividade que lhe dê prazer, pois o objetivo não é fazer algo como obrigação. Procure também fazer amizades e chamar colegas que tenham os mesmos interesses, pois, desta forma, todos vão incentivar uns aos outros a praticar a atividade física”.

O servidor Luis Fernando Vieira da Coordenadoria de Desenvolvimento de Sistemas da SETIN tem o hábito de praticar futebol e futevôlei  há 14 anos. Ele gosta também de outros esportes como handebol e vôlei, mas esses só de brincadeira e de vez em quando. “Por causa da pandemia, já tem quase um ano que não jogo futebol. Já o futevôlei, em que o contato é mínimo, voltei a praticar no final do ano passado”. Para o servidor, o esporte, além dos benefícios que traz para a saúde física, faz com que ele esqueça de todos os problemas durante o período que está praticando, descansando a mente.

“As pessoas devem começar aos poucos, para não se machucarem e para o corpo se acostumar com a rotina. O mais importante é ser persistente. Muitas vezes dá aquela preguiça para levantar (da cama ou do sofá) e iniciar a atividade, mas esse é o momento de fazer aquele esforço, começar e depois vai vir o prazer de ter conseguido praticar a atividade”, diz.

O servidor Luiz Gustavo Campos  lotado no TST em Movimento, vinculado à Secretaria de Saúde (Sesaud),  é desportista desde os 11 anos quando competia em provas de natação. Ele, que já foi triatleta, corredor de aventura, mantém um estilo de vida saudável e estimula outros servidores a se engajarem nos esportes. Atualmente, ele pratica remadas e compete em canoas polinésias. Para o atleta,  a prática desportiva traz disciplina, organização, autoestima e determinação para o alcance de objetivos. 

“Embora seja carioca, moro em Brasília desde pequeno. No início, as ruas de Brasília eram vazias nos finais de semana, agora foram tomadas pelos “desportistas”. Vejo que esse dia é muito importante para celebrarmos a adoção de um estilo de vida mais alegre, ativo e saudável, independentemente da modalidade esportiva”, comenta o atleta. 

De acordo com o servidor, em Brasília foram desenvolvidos vários grupos desportivos, desde corredores até praticantes de crossfit. Sendo assim, basta escolher uma atividade, procurar pelos grupos nas redes sociais e começar a popular as ruas de Brasília praticando o esporte favorito. “Caso precisem de ajuda, basta enviar um email para tstemmovimento@tst.jus.br e ajudaremos a fazer a escolha”. 

Olimpíada Nacional da Justiça do Trabalho

Todo ano, a Justiça do Trabalho promove a Olimpíada Nacional da Justiça do Trabalho, com exceção do ano de 2020 devido a pandemia da covid-19. O evento é organizado pela Associação Nacional dos Servidores do Judiciário Trabalhista (Anastra) e a proposta é incentivar a prática de esportes e a integração entre servidores e magistrados da Justiça do Trabalho. Em 2019, o evento foi realizado em Belo Horizonte e reuniu mais de 1.110 atletas de todo o Brasil. Os servidores do TST conquistaram 43 medalhas – 15 de ouro, 12 de prata e 16 de bronze. 

Sobre a data

O Dia do Esportista surgiu em 6 de julho de 1993 com a criação da Lei n° 8.672, chamada popularmente de Lei Zico. Mais tarde, em 24 de março de 1998, ela seria revogada pela Lei 9.615, chamada de Lei Pelé ou Lei do Passe Livre. Assim, criou-se o Dia do Desporto, que ocorre em 23 de junho, mesma data em que se comemora o Dia Mundial do Desporto Olímpico. Apesar disso, o dia 19 de fevereiro é dedicado a homenagear a prática do esporte no Brasil até hoje.

(Nathalia Valente/TG)