secretaria@tupinamba.adv.br
55 (21) 2524-7799 / 2533-7137

Banco é condenado por pedir que empregada usasse “sensualidade” para atrair clientes


                         Baixe o áudio
      

 

A Terceira Turma do Tribunal Superior do Trabalho fixou em R$ 50 mil o valor da indenização a ser paga pelo Itaú Unibanco S. A. a uma empregada que, além de sofrer cobrança abusiva de metas, ameaças e constrangimento, era impelida a se vestir de forma sensual para atrair clientes.

 

Ouça os detalhes na reportagem de Michelle Chiappa.