secretaria@tupinamba.adv.br
55 (21) 2524-7799 / 2533-7137

Assistente de RH é multada por entrar com agravo contra decisão de Turma do TST

Uma assistente de Recursos Humanos que entrou com agravo contra decisão proferida por órgão colegiado do TST será multada. Na reclamação trabalhista, ela mencionou que o seu filho, por sua indicação, foi contratado como recepcionista em seu mesmo local de trabalho, mas quando a empresa descobriu que ele era portador de HIV, ambos foram dispensados.

O TRT da 2ª Região, em São Paulo, reconheceu a dispensa como discriminatória. Já a Oitava Turma do TST entendeu que a tese de discriminação não ficou comprovada. Após a funcionária recorrer à Sessão de Dissídios Individuais 1 (SDI-1) do TST e os embargos não serem reconhecidos, ela interpôs agravo alegando que a Turma teria contrariado a Súmula 126 do TST.

A SDI-1, por unanimidade, considerou inadmissível o recurso apresentado pela profissional e multou a empregada. Entenda na reportagem de Daniel Vasques.